"B.Wolf" fala sobre o processo de escrita, construção e produção do EP (Covil do Lobo)

B.Wolf, um nome em ascensão na nova geração do Rap Angolano


B-Wolf Começou a fazer rap em 2016 com o grupo "BRF Music" que actualmente ainda existe mas apenas como um grupo de amigos. B.Wolf continua a sua carreira a solo por agora.

"B.Wolf" fala sobre o processo de escrita, construção e produção do EP (Covil do Lobo)


Em uma entrevista feita pela nossa equipe, B.Wolf citou que a parte mais desafiante da sua carreira, é encontrar alguém que aposte nos seus trabalhos.

Considero um dos melhores momentos da minha carreira quando após a minha primeira actuação em palco fui muito elogiado por outros cantores (que eu não conhecia) no backstage mostrando gostar das minhas músicas.


Sobre as suas influências no Rap, B-Wolf citou apenas: Nga, T-Rex e o Underskillz. O rapper ainda disss que no mundo da música é muito difícil tentar as coisas sozinho e sem uma direção artística, então B.Wolf considera essa a grande dificuldade da sua carreira.

Gravou a sua primeira música em 2016, com Marcelo Barone "cantamos os dois mas lançamos em nome do grupo na época"

Fazendo a análise como é que achas que o movimento hip hop em Angola se encontra?


Para mim se encontra num bom caminho, está em constante evolução e com muito boas novas ideias

Processo de escrita, construção e produção do EP (Covil do Lobo)


As músicas todas foram escritas cautelosamente por mim, com a intenção de mostrar também um eu diferente (porque eu só lançava skill) e no EP eu tive que falar de coisas que eu via e pensava.

Mas para a ideia da criação do EP "Covil do Lobo" Mas a ideia foi do Jay-Cee73, ele sugeriu-me o nome e pediu que eu iniciasse o projecto, e assim foi, o EP todo foi produzido pela Casa dos Bangers.

Te consideras o melhor no estilo que fazes?


Já me considerei sim no princípio, mas com o tempo comecei a ver que há pessoas a nível. Mas a cada letra que escrevo tento superar-me. A intenção mesmo é ser reconhecido e nomeado pelas pessoas do que me auto-intitular


Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem