José Eduardo dos Santos se pronuncia sobre a morte de Kundi Paihama: “Não há nada capaz de reparar uma perda como esta”

O ex-presidente da República José Eduardo dos Santos, usou a sua conta oficial do Instagram, para se pronunciar sobre a morte do General Kundi Paihama, vítima de doença prolongada.

José Eduardo dos Santos se pronuncia sobre a morte de Kundi Paihama: “Não há nada capaz de reparar uma perda como esta”

O ex-presidente da República José Eduardo dos Santos, usou a sua conta oficial do Instagram, para se pronunciar sobre a morte do General Kundi Paihama, vítima de doença prolongada.

Ademais, o ex-presidente, conta que foi com profunda dor que recebeu a notícia da morte de seu amigo Kundi:

“Luto! Foi com profunda dor e consternação, que tomei conhecimento do passamento fisíco do camarada e amigo Kundi Paihama.”

José Eduardo dos Santos se pronuncia sobre a morte de Kundi Paihama: “Não há nada capaz de reparar uma perda como esta”


No entanto, José Eduardo explica que a dor de perder um ente querido é imensurável:

A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente amado ter que partir. A dor que sentimos é imensurável.


Igualmente, afirma que não há palavras nesta hora que possa confortar os seus corações:

“Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações.

Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.


Entretanto, José Eduardo dos Santos que governou Angola por mais de 30 anos, afirmou que o país acaba de perder um dos seus melhores filhos:

Com a sua morte, Angola perde um dos seus melhores filhos, que escreveu, com os seus feitos de nacionalismo e patriotismo, o seu nome nos anais da história do país.


Além disso, diz que os feitos de Kundi Paihama constituem um legado para muitas pessoas:

Foi-se um pai, irmão, líder, um camarada, mas temos a certeza de que os seus feitos constituem legado para muitos políticos e patriotas da actualidade, que procuram tudo fazer para o contínuo desenvolvimento de Angola


Ao propósito, para José Eduardo, nada poderá reparar uma perda como esta, mas é preciso continuar a viver:

Não há nada capaz de reparar uma perda como esta, mas em nome da amizade e amor de quem fica, e em honra da memória de quem se foi, é preciso continuar vivendo.

É preciso transformar o luto em uma luta pela vida e pela felicidade, e transformar a dor em saudade e serenidade.
 
Contudo, o ex-presidente desejou em seu nome e de toda a sua família, os mais sentidos pêsames a família enlutada:

Nesta hora de dor e luto a que nos associamos, em meu nome e da minha família, apresento à família enlutada, a expressão dos nossos mais sentidos pêsames pelo infausto acontecimento.
 
José Eduardo dos Santos se pronuncia sobre a morte de Kundi Paihama: “Não há nada capaz de reparar uma perda como esta”

Vale ressaltar que, Kundi Paihama morreu aos 75 anos, na madrugrada desta Sexta-feira, 24 de Julho, numa das unidades hospitalares de Luanda, vítima de doença

Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem